Anuncios:

Ponencia

Culturas juvenis no meio rural : uma experiência de produção de imagem no Sul do Brasil

Parte del Simposio:

SP.61: Juventudes, Cidades e Imagens

Ponentes

Eduarda Regina Dorneles

Instituto Federal Farroupilha - campus Alegrete

Eduarda Regina Dorneles

Instituto Federal Farroupilha - campus Alegrete

Victória de Aparecida Porcino Pedroso

Instituto Federal Farroupilha- campus Alegrete

Thiéfener Maier da Silveira

Instituto Federal Farroupilha- campus Alegrete

Esse trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência de pesquisa com juventudes, cidades e imagens realizada nas cidades de Alegrete e Manoel Viana, extremo sul do Brasil. O início do projeto se deu com a disciplina “Formação Sociocultural das Juventudes” para a Licenciatura em Ciências Biológicas do Instituto Federal Farroupilha, campus Alegrete. A ideia da disciplina foi estudar as dinâmicas de culturas juvenis no interior do estado do Rio Grande do Sul, buscando uma variedade de grupos de jovens para ter como interlocutores de pesquisa. Em uma turma com cerca de quinze alunos foram separados seis grupos que deveriam escolher culturas juvenis distinta para o trabalho de campo. Como estratégia metodológica a grande inspiração foi a etnografia com o uso de recursos audiovisuais. Os grupos de estudantes/pesquisadores foram incentivados a ter uma experiencia de conexão e afetividade com as coletividades juvenis escolhidas, buscando refletir sobre suas pluralidades. Dentre os campos de estudo foram selecionados jovens vinculados a cultural Hip Hop, evangélicos, produtores rurais, participantes de invernadas e LGBTQIA+. Tendo um universo amplo de análise, foi solicitado aos grupos que buscassem consentimento para pesquisa e, se possível, para a produção de imagens fotográfica e videográficas. O resultado final deste processo de ensino/pesquisa com juventudes foi uma exposição itinerante que apresenta uma experiência visual do contato dos estudantes com a juventude pesquisada. Basearam esta produção questionamentos como: qual a perfil da juventude rural nos territórios selecionados? No que se refere às formas de sociabilidade e aos estilos de vida destes jovens há uma diferença dos grandes centros urbanos? Por fim, espera-se compartilhar a experiência da produção de imagens com os grupos de jovens e fomentar novas possibilidades de articulação entre juventudes, cidades e imagens. Cabe dizer que a maioria dos estudantes/ pesquisadores eram jovens como seus interlocutores e essa semelhança geracional trouxe elementos interessantes para a pesquisa.